Transportando crianças no Carro. Dicas de segurança

Foi-se o tempo em que crianças viajavam no colo dos pais, soltas sem cinto ou até no banco da frente do carro, e já existem leis federais que versam sobre diversas restrições para o transporte de crianças em veículos automóveis. Essas restrições visam proteger as crianças em caso de acidentes, freadas bruscas e qualquer outro tipo de problema que o carro venha a ter ou apresentar, já que os pais, geralmente no banco da frente, não tem muito poder de reação imediata quando algo acontece ao veículo como um todo.

Cada idade tem uma restrição e, até em empresas de aluguel de carro, a lei das cadeirinhas e dos bebês-conforto devem ser respeitadas – algumas delas até fornecem esses equipamentos para os pais que estão em viagem e utilizam de seus serviços de locação. E não se engane: não cumprir as regras básicas de seguranças para criança não rende apenas uma advertência, mas é considerado delito grave, cabível de multa e até apreensão do veículo, em alguns casos. Independente de onde você esteja, ao fazer o aluguel de carro, os cuidados com as crianças é obrigatório!

Happy-family-sitting-inside-car-driving-through-a-road-with-seatbelts-fastened-_73996912

Contrariando o instinto materno de que a criança tem de andar sempre no colo de um dos pais, recém-nascidos dentro do carro devem estar muito bem instalados em suas cadeirinhas, que recebem o nome de bebê-conforto ou “conchinas”, desenvolvidas para que o bebê não sofra o impacto das freadas e turbulências de pista, e que também não tenha dores ou fique em uma má posição. Essas cadeirinhas ficam viradas para a parte de trás do veículo até que a criança pese pelo menos nove quilos e tenha um ano de idade.

A partir daí, e até os quatro anos de idade, outros tipos de cadeirinha são indicadas para as crianças, com cinto de segurança próprio e complementar. Além disso, as cadeirinhas devem estar sempre à direita do carro, onde a criança já possa descer diretamente para a calçada, em caso de emergência – no dia-a-dia, um adulto deve sempre abrir a porta para as crianças, e também nessa ajuda a porta traseira atrás do carona é sempre a melhor opção.

E quando a criança pode andar no banco da frente? Apenas em duas situações: se o veiculo só for dotado de banco dianteiro ou se ela já tiver a estatura mínima para poder andar no banco da frente, que é quando ela, sentada normalmente, encosta seus pés no chão sem fazer esforço. Antes disso, nada feito. Mesmo a criança acima de dez anos que não cumpra esse requisito, se trafegando no banco da frente de um veículo, rende multa ao motorista que a acompanha. Os carros atualmente são projetados para absorver centenas de impactos, assim como as cadeirinhas infantis, mas ambos podem ter falhas estruturais. Na dúvida, sempre compre a melhor marca de cadeirinha e nunca desobedeça às regras. Melhor prevenir, sempre, do que remediar, principalmente quando as crianças estão no centro da questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *